Aprendendo Python de maneira Interativa

Uma forma legal de aprendizado para programar uma linguagem de programação, é a possibilidade de durante o aprendizado praticar o assunto abordado e quem sabe fazer um pequeno projeto. Acredito que ajude a fixar e até estimule mais ainda o aprendizado. Durante minhas pesquisas de desenvolvimento usando OpenCV, acabei esbarrando com Python algumas vezes.

Uma delas, durante a montagem do ambiente do OpenCV tive um contato de instalação e recentemente, durante a montagem de protótipo, acabei iniciando um estudo mais aprofundado da linguagem. Um dos sites que me chamou a atenção foi o Learn Python. que se propõe a ser o ponto de entrada com a linguagem e permite os testes de programação online.

Recomendo, vai lá!

Automatizando tarefas com Crontab

Crontab é um aplicativo disponível na console do Linux muito utilizado para programar  atividades agendadas no sistema. Sendo muito utilizado para manutenção do sistema operacional. Permitindo que arquivos sejam copiados ou removidos periodicamente por exemplo, sem a necessidade de ações do usuário.

A lógica de programação e configuração do Crontab é bem simples. Nele, cada tarefa pode será programada em uma linha da tabela de Crontab. Seguindo a lógica abaixo :

A B C D E Comando

O campo A corresponde aos minutos. O campo B corresponde a horas, o campo C corresponde ao dia do mês, o campo D corresponde ao mês e o campo E corresponde ao dia da semana. O Comando será executado sempre que a sentença for verdadeira.

 

crontab-syntax

 

Dica: Os campos aceitam múltiplas entradas e coringa para representação.

Alguns exemplos :

Executa o comando updatedb associado a cada minuto, todos os dias de todos os meses independente do  dia da semana

* * * * * updatedb

Executar o mesmo comando a cada 5 minutos, todos os dias de todos os meses independente do dia da semana.

*/5 * * * * updatedb

Agora vamos executar o mesmo comando, somente as 10:15 minutos do dia 1 de cada mês.

15 10 01 * * updatedb

Para consultar sua programação no Crontab, aplique o comando “crontab -l” na console do linux.

 

 

Convertendo máquina virtual VMWare para Virtual Box

Me deparei recentemente com a necessidade de migrar uma máquina virtual instalada no VMWare para uma instalação do Virtual Box. Elaborei esse procedimento e estou compartilhando:

1 – Desligue sua máquina virtual no Vmware Player .  Para que o processo seja bem sucedido, ela precisa estar desligada.

2 – Usando o terminal, vá até a pasta de instalação do VMWare player. Lá deve ter uma pasta chamada “OVFT”. Esse utilitário permite a conversão para o formato de intercâmbio entre soluções de virtualização.  ( Caso não tenha, abaixo tem um link onde pode-se baixar esse utilitário )

Ainda no terminal, execute o comando abaixo:

{diretorio de instalação do vmware player}\OVFTool\ovftool “{caminho para sua maquina virtual}” “{caminho para a máquina exportada}”

Esse processo leva algum tempo e depende diretamente do tamanho da máquina virtual existente.  É possível acompanhar o andamento da conversão e ao término uma mensagem de finalização é apresentada.

3 – Agora temos o arquivo exportado e compatível com outras soluções de virtualização. Para importar no Virtual Box, basta abrir o painel da Virtual box e escolher no menu importar appliance, escolhendo o arquivo .ova gerado no processo de export.

Uma nova máquina será criada no Virtual Box, usando os dados exportados pelo VMWare.

4 – Se tudo deu certo, a máquina estará pronta para uso. 😉

Funcionou ?

Para saber mais: http://www.vmware.com/resources/techresources/1013

Infográfico sobre linux

the-state-of-linux_509798ff8d086_w587

Infelizmente,o Brasil ainda não possui números expressivos. Mas a adoção de linux nas empresas mudou bastante e o profissional linux esta conquistando espaço no mercado.

Execução de comandos em loop no linux

A execução de comandos em loop através do bash é uma importante ferramenta, principalmente quando desejamos uma execução cíclica de um comando ou programa sem a intervenção humana.
Porém, é preciso tomar cuidado ao invocar comandos ou programas em curto espaço de tempo. Podendo ocasionar uma sobrecarga ao processador ou memória, causando lentidão ou até mesmo o travamento do sistema.

Uma maneira simples de realizar um loop é através da utilização do loop com while:

while true do

Comando_desejado

done

Esse trecho de código será executado até que umas interrupção seja enviada ( ctrl-c).

Se o comando é executado muito rápido ou retorna muita informação na tela, será difícil de acompanhar. 🙂

Uma maneira mais sofisticada seria :

while true do
clear
Comando_desejado
sleep 1
done

Adicionando o comando clear, a tela será limpa a cada execução e o comando sleep, fará uma pausa na execução do loop por 1 segundo, valores fracionados ou valores maiores podem ser utilizados de acordo com a necessidade.