Things 2 vs Remember the milk

Desde que li o livro de David Allen sobre o GTD (Get things done) há alguns anos, me interessei pela metodologia e tenho buscado uma ferramenta para gerência de atividades onde possa concentrar tarefas, listas e áreas e que seja possível usar no mobile, desktop e que preferencialmente tenha uma aplicação Web para uso quando em um computador que não seja o meu notebook.

Durante a busca pela solução ideal, experimentei diversas ferramentas e vou tentar fazer alguns posts com minha impressão sobre as funcionalidades que encontrei em cada solução.

Things

Tenho usado o Things ( Cultured Code ) desde a versão beta ( 0.89 ) e aprecio a jornada que o time da Cultured Code com o seu produto.

O Things surgiu em 2008 como uma ferramenta GTD para Iphone. Algum tempo depois eles lançaram uma versão para Mac com sincronismo através de rede wireless e posteriormente uma versão para iPad.

Recentemente, os apps foram migrados para sua segunda versão, batizada de Things 2, com suporte a sincronismo através da nuvem, que foi chamada de Things Cloud.

Remember the milk

Durante o meu período de insatisfação com o sincronismo através do wifi utilizado pelo Things, resolvi experimentar outras ferramentas. Acabei assinando uma conta paga do remember the milk e gostei muito.

A ferramenta possui integração para criação de tasks por e-mail, sua interface e teclas de atalhos para a aplicação web são muito úteis.

Comparativo

Funcionalidade Things 2 RTM
Sincronismo na nuvem * *
Tarefas cíclicas * *
Syncronismo na nuvem * *
Áreas de interesse *
Agendamento por hora/minuto *
Suporte a tags * *
Criar tarefas por e-mail *
Compartilhamento de tarefas *
Web App *
Custo Preço por app 24 USD por ano

Conclusão

Embora eu goste muito do RTM, não gosto da idéia de pagar anualmente por um serviço. Além disso, a falta de suporte a áreas de interesse é algo que realmente faz falta na aplicação.

Quanto ao Things, a inclusão de sincronismo através da internet possibilitou a Cultured Code voltar a briga. Mas ainda falta uma aplicação Web para liberar o usuário de controlar tarefas sem usar o aplicativo residente.

Dropbox não é só armazenamento

Recentemente, precisei de um arquivo que havia armazenado na minha Dropbox. Ao navegar pelas pastas, descobri que o arquivo que eu procurava foi deletado dias atrás durante a exclusão de algumas pastas que julguei sem importância.

Enquanto tentava me lembrar onde mais poderia ter armazenado esse arquivo, me ocorreu que uma vez que enquanto acessava minhas configurações no site do Dropbox, havia observado uma opção de menu chamadas ˜Events˜ e que essa opção listava as alterações recentes dos arquivos na conta. Resolvi retornar ao site, quem sabe não há algum mecanismo de backup?
Ao acessar o menu “Events” e navegar pelas alterações realizadas, para minha surpresa ( e felicidade ),encontrei meu arquivo lá. 🙂

O legal é que o Dropbox grava cada alteração. Baseado nisso, recuperei a última versão do arquivo que eu precisava.;)

Mas eis que surge uma dúvida, se minha conta tem 2 GB e o Dropbox versiona as alterações dos arquivos, qual o espaço real atribuído a cada usuário ?

Dropbox não é só armazenamento

Olha o marketing dos caras :
Events gives you a timeline of everything that’s happened in your Dropbox since the beginning of time.