Computação na pesquisa da cura do Câncer

Sabia que é possível usar esse recurso de computação ocioso para auxiliar na pesquisa de cura para doenças como Câncer, Parkinson, Alzheimer e outros males que fazem vítimas todos os dias ?

Grandes centros de pesquisa estão empenhados em reproduzir os complexos cenários de simulação e testes de soluções utilizando modelos computacionais. Para executar o cenários e efetuar todos os cálculos, precisam de muito poder computacional.  A fórmula é bem simples, mais computadores, maior o número de cenários e pesquisas sendo realizadas em paralelo. Menor o número de computadores, maior o tempo de pesquisa e mais gente sendo afastados ficamos da busca da cura.

Para aumentar o pode computacional, esses centros utilizam computação baseada em GRID composta por milhares de computadores. Cada nó da GRID ( computador ) possui um programa que realiza o download de um problema e processa quando a máquina não esta em uso ( pode ser configurado ) e envia a resposta para o centro de pesquisa. Tudo isso sem a intervenção do usuário e sem perda de performance.

Eu estou usando o Folding@Home da Standford no meu Macbook. Abaixo algumas das telas do programa:

Tela inicial Folding home
Tela inicial Folding home

 

Dashboard de configuração de processamento
Dashboard de configuração de processamento

Na primeira execução, o programa escolheu o cenário 7812.

Esse é o processamento até agora :

Cenário em execução
Cenário em execução

 

Esses são algumas iniciativas que pesquisei :

http://folding.stanford.edu/

http://csn.cancer.org/node/255055

http://dceg.cancer.gov/tools/design/power

Vale a pena experimentar e ajudar.