Movimente-se e seja produtivo

Quando se trabalha a frente de um computador é passar horas com pouco movimento do corpo pode virar rotina, essa ausência de movimentação forma pontos de tensão e sobrecarrega músculos, ossos e tendões. Como se não bastasse isso, os movimentos repetitivos relacionados a atividade de digitação podem ocasionar lesões por esforço repetitivo (LER) ou mesmo acumular tensões no pescoço, ombros, punhos e outras partes do corpo, impactando diretamente na vida e nos seus resultados.

Para evitar esse risco, movimentar-se e criar uma rotina de pausas frequentes é muito importante. Mas será que adicionar pausas a uma atividade tão intensa não prejudica a produtividade ? Como se manter produtivo e ainda se movimentar durante o dia de trabalho ? Criar uma cultura de se movimentar pode ser muito difícil para algumas pessoas. Também foi bem difícil pra mim. Descobri que estava detonando a minha saúde quando percebi que bebia pouca água. Certo dia me dei conta que fui beber meu primeiro copo de água do dia quando ja passava das 20:00 h.

Uma forma de se convencer é que quando nos movimentamos mais, irrigamos melhor o cérebro. Com a cabeça trabalhando melhor, pensamos melhor! Sabe aquele bug que esta a horas tentando resolver ou aquele trecho que código que não saia ? A resposta pode ficar mais clara quando se movimentar. Esse também é um exercício interessante, pois voltamos a olhar o problema com uma visão quase limpa.

Algumas dicas que sigo e que estão funcionando bem comigo:

Beba água 

Use seu smartphone como seu aliado, coloque um alarme que lembre de beber água: Beba muita água, ela é um aliada da sua saúde, Influenciando até mesmo na absorção de impactos da sua coluna ( algo relacionado aos discos que separam os ossos ). Além disso, você terá que ir abastecer sua garrafa. Aproveite para se movimentar e conversar com seus colegas de trabalho.

Movimente-se

Se possível programe alarmes ou use um desses apps que monitoram o quanto caminhou durante o dia.  Monitores como Up da Jawbone, Fitbit ou mesmo os aplicativos para contagem de  passos do iPhone podem ser grandes aliados.

Respire melhor

A respiração é parte importante do processo de oxigenação do sangue e do cérebro.

Durma bem

Pode parecer besteira, mas uma noite de sono bem dormida ajuda a melhorar a saúde e aumenta a disposição para os desafios da vida.

 

 

 

Guia de estudos com Evernote

Quando se pretende dominar um assunto, diferentes formatos de conteúdo são explorados : vídeos, textos, imagens, apresentações, etc… Esses formatos servem como fonte de material para aprendizado e futuro material de referência para consulta.

Evernote peek

 

O uso de ferramentas de catalogação e armazenagem de conteúdo são de grande valia para essa finalidade. Com o Evernote por exemplo, é possível organizar os estudos separando em cadernos e mantendo o assunto indexado por data. Até então, o armazenamento tradicional também funcionaria. As principais vantagens por optar pelo Evernote para guia de estudos são:
– concatenar diferentes conteúdos em uma mesma nota;
– indexar adicionando tags que podem auxiliar na catalogação ;
– pesquisar por tópicos nas notas ou até mesmo em anexos ou imagens
– usar aplicativos parceiros do Evernote para potencializar a experiência de estudo ou mesmo permitindo o estudo sem papel.

Com o aplicativo de browser ( Evernote Web cliper ) nos permite capturar conteúdos de sites. Já falei anteriormente sobre as vantagens da coleta de informações usando o Evernote. Dessa forma, podemos agrupar, conteúdo de sites, arquivos PDF, imagens ou mesmo texto simples em notas que podem estar separadas por temas e cadernos que podem representar disciplinas.

Experimente !

 

 

Convertendo máquina virtual VMWare para Virtual Box

Me deparei recentemente com a necessidade de migrar uma máquina virtual instalada no VMWare para uma instalação do Virtual Box. Elaborei esse procedimento e estou compartilhando:

1 – Desligue sua máquina virtual no Vmware Player .  Para que o processo seja bem sucedido, ela precisa estar desligada.

2 – Usando o terminal, vá até a pasta de instalação do VMWare player. Lá deve ter uma pasta chamada “OVFT”. Esse utilitário permite a conversão para o formato de intercâmbio entre soluções de virtualização.  ( Caso não tenha, abaixo tem um link onde pode-se baixar esse utilitário )

Ainda no terminal, execute o comando abaixo:

{diretorio de instalação do vmware player}\OVFTool\ovftool “{caminho para sua maquina virtual}” “{caminho para a máquina exportada}”

Esse processo leva algum tempo e depende diretamente do tamanho da máquina virtual existente.  É possível acompanhar o andamento da conversão e ao término uma mensagem de finalização é apresentada.

3 – Agora temos o arquivo exportado e compatível com outras soluções de virtualização. Para importar no Virtual Box, basta abrir o painel da Virtual box e escolher no menu importar appliance, escolhendo o arquivo .ova gerado no processo de export.

Uma nova máquina será criada no Virtual Box, usando os dados exportados pelo VMWare.

4 – Se tudo deu certo, a máquina estará pronta para uso. 😉

Funcionou ?

Para saber mais: http://www.vmware.com/resources/techresources/1013

Navegue anonimamente com Tor browser

Em tempos onde a navegação na Internet esta sujeita ao rastreio, coleta de informações e preferências, o projeto Tor browser surge como uma solução que realmente garante a navegação anônima na Internet. Assista ao vídeo e aprenda mais sobre essa nova abordagem de navegação anônima.

Saiba mais em : https://www.torproject.org/

Como funciona a tecnologia Hyper-Threading da Intel

Vídeo da intel exemplificando como o multitask é implementado nos processadores Intel de terceira geração com tecnologia Hyper-Threading.